PELA ÁGUA

de Tiago Correia | enc. Tiago Correia (A22, TM Guarda, 23 Milhas, Theatro Circo, Teatro Campo Alegre / Fitei) l 2018

1/9

“Pela Água” é um texto original de Tiago Correia, publicado pela Imprensa Nacional Casa da Moeda, em 2017, no âmbito do Grande Prémio de Teatro da SPA / Teatro Aberto, que mereceu em 2016.

Em “Pela Água” fala-se do amor e dos seus desencontros. Um diálogo intenso, enigmático mas nítido, entre dois homens de uma mesma mulher. Diferentes idades, diferentes experiências, tanto e tão pouco em comum. Uma meditação conjunta acerca das relações humanas, que aprofunda o poder das palavras num diálogo dominado pela ausência dessa mulher – e pelo amor.
“Pela Água” é uma peça de teatro íntimo, de revelações e confidências, que suscita questões existenciais e sociais, geracionais e relacionais, como a da falta de perspetivas de futuro, a questão da superação dos ídolos, o confronto com a mudança de paradigmas de geração para geração e a crítica à estrutura familiar tradicional. Suscita ainda questões feministas - através do empoderamento da figura feminina - assente numa figura central ausente.

Texto e encenação | Tiago Correia

Interpretação | Eduardo Breda e João Melo

Cenografia | Ana Gormicho

Figurinos | Sara Miro

Desenho de luz | Rui Monteiro

Desenho de som e operação | Pedro Lima

Música original | Les Saint Armand

Montagem e operação de luz | José Diogo Cunha

Assistência de luz | Teresa Antunes

Vídeo | Mimi Sá Coutinho

Fotografia | Pedro Sardinha e José Caldeira

Design gráfico | Inês Ferreira

Produção Executiva | Maria Pinto

Produção | A Turma

Rua da Fábrica Social s/n, 4000-201 Porto

© 2019 · Companhia A Turma

Subscreva a nossa newsletter